Pesquisa personalizada
Quinta-feira, 27 de Março de 2008

O TEATRO

O teatro surgiu na minha vida um pouco por acaso, por intermédio do meu rapaz, que por ter muito jeito para as artes performativas, decidiu entrar para uma companhia de teatro amador. Algum tempo mais tarde, e porque estavam a precisar de um actor para um papel masculino, ele tentou convencer-me a preencher esse lugar.

Inicialmente achei a ideia absurda. Não me estava a ver em cima de  um palco, a representar para um público, para pessoas desconhecidas. Achava que tinha todas as características que um actor não deve possuir: Tímido , introvertido, envergonhado, um tom de voz baixo...

Mesmo assim, a pressão foi tal, que decidi experimentar, não com o objectivo de me tornar num actor, mas sim numa tentativa de evoluir como pessoa, numa tentativa de combater a minha timidez, a minha introversão. Assim encarei o teatro quase como um processo evolutivo, de auto-desenvolvimento , um desafio e aceitei a proposta.

Ainda bem que aceitei. Actualmente penso que o teatro foi uma das experiencias mais enriquecedoras que já tive...

Tive a sorte de encontrar um grupo fantástico. Conheci pessoas incríveis e aprendi muito com elas... não só técnicas relacionadas com representação, muito mais que isso...uma verdadeira lição de vida! Juntos já partilhamos momentos verdadeiramente marcantes!

Consegui também alcançar o meu objectivo inicial. Actualmente sou muito menos introvertido , mais descontraído e mais alegre até. Não que não o fosse anteriormente, mas poucas vezes me permitia demonstrá-lo. Confesso que esta mudança não foi fácil . Recordo os meus primeiros tempos com a companhia, em que tremia por dentro só de pensar que o encenador me poderia pedir que criasse qualquer coisa em frente a toda a companhia. Os exercícios de expressão corporal eram um verdadeiro pesadelo. Exprimir-me com o meu corpo através do movimento, da dança, demonstrar os meus sentimentos de uma forma tão física sempre foi uma coisa que nunca me deixou à vontade. Obrigado P., conseguiste o impossível ...

Já fui um guerreiro apaixonado, movido pela força do Minotauro, no "Sonho de uma noite de verão", um Judeu avarento, em busca da salvação, no "Auto da barca do inferno" e brevemente serei um Major que não o é verdadeiramente em "A Ratoeira"...

Actualmente, a trabalhar o meu terceiro papel, a criar a minha terceira personagem, sinto que jamais abandonarei o teatro. O gozo de construir alguém  partindo de um simples texto, com o seu jeito próprio, com a sua postura, tiques, forma de estar e de sentir é um desafio ao qual é impossível virar as costas. Encontrar coisas para uma personagem, experimentar coisas novas, sentimentos novos e dar-lhe o nosso cunho pessoal é um processo mágico. Aquela sensação de entrar em cena e de me deixar ir, de encarnar a personagem e deixar fluir tudo que temos cá dentro, todos os sentimentos e emoções, está a tornar-se viciante...

música: Tardes de Bolonha

publicado por B às 09:32
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De http://liveallucan.blogspot.com/ a 31 de Março de 2008 às 20:10
é fantástico, o teatro! sempre tive esse bichinho dentro de mim e quando comecei também senti esse medo... pânico de me expôr perante os outros (outro tímido, here), mas para além da evolução pessoal que permite, o prazer que se sente é........


Comentar post



.CONTACTO

omeuladob@sapo.pt

.THE B SIDE


MusicPlaylist
Music Playlist at MixPod.com

.arquivos

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Novembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.links


referer referrer referers referrers http_referer

.posts recentes

. JUSTIFY IT...

. DESCONFORTO

. O PROMETIDO É DEVIDO SR. ...

. EM TERRA DE CEGOS...

. SOBRE OS TRAIDORES DA PÁT...

. A VIDA É ISTO MESMO

. CANSADO

. FCKH8

. AS FÉRIAS CHEGARAM AO FIM

. ATÉ AO MEU REGRESSO...

.arquivos

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Novembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.A BICHA DO DEMÓNIO...











SAPO Blogs

.subscrever feeds